sábado, 29 de junho de 2013

Postado por Vânia Barberan às 13:49    Sem comentários
http://www.portalvital.com/saude/alimentacao-saudavel/sementes-de-saude



Se você só se lembra da existência de alimentos como nozes e amêndoas na época das festas de fim de ano, atenção: você está deixando de consumir excelentes fontes de nutrientes. É o que afirma a nutricionista Vânia Barberan, da Associação de Nutrição do Estado do Rio de Janeiro (Anerj).

Segundo ela, as chamadas sementes oleaginosas são uma boa opção de lanche entre as refeições principais, pois contam com uma grande quantidade de óleos vegetais, que são livres de colesterol e ótimos para o processo metabólico (reações químicas que ocorrem no interior de seres vivos). Além disso, as castanhas são ricas em gorduras poliinsaturadas, consideradas boas para o organismo.

“Esse tipo de gordura permite que nossas células tenham membranas mais permeáveis, fazendo com que elas aproveitem melhor os nutrientes. É o oposto das saturadas, que tornam as células mais rígidas, dificultando a absorção”, revela.

Vânia explica ainda que essas sementes são como uma cápsula rica em proteínas e vitaminas. Porém, elas são também altamente calóricas, sendo importante que a pessoa não exagere no consumo, sob o risco de engordar.

Como existem muitas variedades de oleaginosas, a nutricionista recomenda que elas sejam variadas ao longo da semana, substituindo outros alimentos menos saudáveis. Assim, você pode comer uma castanha-do-Pará em um dia, cinco de caju em outro e duas nozes inteiras no próximo.

“Dessa forma, você estará tirando de sua dieta gorduras saturadas ou gorduras trans, presentes, por exemplo, em biscoitos salgados ou recheados. Isso vai prevenir problemas cardíacos mais tarde, colesterol alto e controlar os triglicerídeos”, finaliza a nutricionista.

Assuntos: , , , ,

0 comentários:

Postar um comentário