terça-feira, 30 de junho de 2015

Postado por Vânia Barberan às 13:54    Sem comentários
Fabio Chaves
Do Vista-se

Os tão aguardados queijos veganos da marca Superbom começaram a aparecer em alguns pontos de venda antes mesmo de julho, mês do lançamento oficial do produto.
Com o nome de VeganCheese, o produto foi lançado nos sabores muçarela, provolone e prato. Em nota, a fabricante já sinalizou que em breve novos sabores farão parte da grade de produtos da marca. O VeganCheese ganhará versões gourmet e light e terá sabores “exóticos e diferenciados”, segundo a nota.
A empresa iniciou as vendas do VeganCheese em caráter de pré-lançamento durante uma feira de produtos naturais que ocorreu em São Paulo na quinta-feira (11) e na sexta-feira (12). No domingo (14), a empresa abriu suas portas no bairro Capão Redondo, também em São Paulo, para venda direta a qualquer interessado.
Alguns revendedores trataram de abastecer seus estoques e já começaram a vender os queijos em suas cidades. Foi o caso da rotisseria VegVida (localização), de Campinas, interior de São Paulo. O empreendimento das sócias veganas Renata Octaviani e Mariah Burnier começou a vender o VeganCheese sabor muçarela já fatiado por R$ 4,20 (100g) nessa terça-feira (16). Se o cliente optar por levar a peça de 500g inteira, paga R$ 20,00, ou seja, R$ 4,00 por cada 100g. Os outros sabores seguem preço semelhante. Queijos convencionais (feitos com leite de vaca) que são considerados de boa qualidade têm preço parecido ou até mais alto (confira aqui).
Experimentamos todos os sabores do VeganCheese e chegamos à conclusão de que ele é mesmo um produto revolucionário, como era esperado. A textura é indiscutivelmente idêntica a dos queijos convencionais. Ele derrete e se funde muito bem e pode cobrir uma pizza ou lasanha sem o menor problema. No entanto, é bom que fique claro, ele não estica como um queijo convencional. A aparência do VeganCheese é outro ponto forte. É impossível ver grandes diferenças entre ele e um queijo convencional.
O sabor do VeganCheese é muito bom e pode agradar até mesmo aquelas pessoas acostumadas a consumir queijo convencional todos os dias. A diferença maior talvez fique no teor reduzido de sódio, que deixa o produto mais saudável, mas com sabor menos marcante. A versão provolone tem o sabor de defumado bem leve. Poderia ser mais forte, mas ainda assim é muito gostoso.
Muitas pessoas têm se perguntado do que é feito o VeganCheese. Descobrimos por meio da embalagem que – surpreendentemente – ele não tem soja e também não tem ágar-ágar, ingredientes comuns em queijos veganos caseiros. Além disso, ele não tem glúten, conservantes ou corantes artificiais. Basicamente, ele é feito de batata, mas é quase impossível acreditar nisso ao morder uma fatia.
A diferença entre um tipo de VeganCheese e outro é apenas o aroma artificial, porque a base é a mesma. Veja a lista completa dos ingredientes.
Ingredientes: água filtrada, amido de batata, óleo vegetal de palma, concentrados de cenoura, maçã e abóbora, sal hipossódico, aroma artificial de queijo muçarela.
Consideramos o VeganCheese um produto revolucionário no mercado brasileiro porque, pela primeira vez, uma pessoa pode se dirigir a um estabelecimento e comprar 100g de queijo vegano pelo mesmo preço do queijo convencional. Parece pouco, mas isso é um passo gigantesco para a popularização do veganismo no Brasil.
O fato do VeganCheese ser resfriado pode atrasar ou até inviabilizar a chegada do produto em algumas regiões do país. Mas como a fabricante tem mais de 25 mil pontos de venda, acreditamos que é uma questão de tempo até que o VeganCheese se espalhe. E que muitos ovolactovegetarianos que se dizem apaixonados por queijo possam se apaixonar por ele e dar o passo tão necessário em direção ao veganismo.

0 comentários:

Postar um comentário